;
Portuguese English Spanish

Carros voadores serão uma realidade no futuro?

26 de abr

Há algumas décadas, caso você perguntasse a alguém quais seriam as inovações tecnológicas do futuro, com certeza os carros voadores fariam parte da resposta. 

Hoje em dia, nossa visão de futuro já sofreu algumas mudanças. De certa forma, o futuro se tornou mais próximo e mais previsível. Afinal de contas, o desenvolvimento de novas tecnologias está cada vez mais avançado e é preciso estar preparado para o que vem aí.

Por outro lado, entendemos também que o futuro está mais relacionado com uma preocupação em reduzir os impactos no meio-ambiente. 

A busca por um combustível do futuro, como tratamos em um artigo recente aqui no blog, o desenvolvimento do hidrogênio verde e a eletrificação, são alguns temas em desenvolvimento no presente, para maior aplicação no futuro.

Mas isso quer dizer que os carros voadores ficaram de fora das previsões da mobilidade? Continue lendo para saber mais.

Pesquisas atuais, mostram que o automóvel próprio está cada vez mais caindo em desuso. As pessoas estão optando por veículos de transporte coletivo, e adaptações já vistas no mercado comprovam essa tendência.

Altos níveis de poluição, excesso de veículos em rodovias e cidades, que geram situações de stress no trânsito, são pontos necessários para reforçar as necessidades de soluções mais sustentáveis para preservação do meio-ambiente e desenvolvimento de novos meios de transporte.

Os veículos voadores podem ser uma solução nesse aspecto.

O tal carro voador, hoje, atende por uma sigla em inglês: eVTOL. Ela parte de VTOL, que significa veículo de decolagem e pouso vertical, como os helicópteros. Já o eVTOL tem o mesmo conceito, mas com motorização elétrica. 

Estudos feitos para o desenvolvimento dessa tecnologia, que parecia tão distante no passado, já se tornaram realidade.

Com apenas dois anos de existência, a Eve, startup criada pela EmbraerX, prepara um alto orçamento para o desenvolvimento dos chamados carros voadores.

A expectativa é a de, que os carros voadores da Eve, comecem a entrar no mercado em 2026. A empresa já conta com 19 clientes e um total de 1.825 unidades reservadas.

Um ponto que já se destaca, é que diferente de soluções urbanas aéreas como os helicópteros, os eVTOLs serão mais acessíveis, para uso de viagens coletivas, mesmo possuindo menos autonomia.

O veículo foi pensado para transitar por uma cidade, ou realizar curtos deslocamentos intermunicipais.

O início das operações urbanas da Eve, deve acontecer a partir de algumas rotas definidas, conectando aeroportos. 

A maior parte dos projetos, está apostando na condução autônoma. Isso facilitará o uso do eVTOL por pessoas sem habilitação específica para aeronave, tornando esse tipo de veículo, mais adequado à mobilidade individual, do que um helicóptero, que precisa de piloto capacitado.

De acordo com estudo da consultoria Porsche Consulting, sugere que em 2035, 23 mil eVTOLs estejam nas ruas e céus.

E você? Como imagina os carros voadores do futuro?