Portuguese English Spanish
Home Eventos Curso Engenharia de Requisitos Transformando a Engenharia da Mobilidade

Curso Engenharia de Requisitos Transformando a Engenharia da Mobilidade

OBJETIVO

Capacitar o participante a compreender como os requisitos são usados em todas as fases do ciclo de vida do produto, o porquê desta utilização, além de entender as boas práticas para elicitação, verificação e validação dos requisitos em cada uma das fases do projeto.

ÁREA: PROJETOS

SOBRE O CURSO

A maior parte da população mundial já vive nas cidades. Fenômeno que vai se intensificar ainda mais. Porém, as cidades não poderão se utilizar apenas dos modelos de administração e geração de riqueza atuais, já insuficientes para suprir todas as demandas. 

Surge o conceito de “Smart Cities” (cidades inteligentes), cidades que se apropriam das “tecnologias disruptivas “ mais modernas, para garantir a boa qualidade de vida de sua população e o contínuo desenvolvimento sustentável. As grandes cidades contém, dentre outras estruturas, as empresas, que impulsionam a economia, e também precisam se reinventar continuamente, para conviver em uma Smart City. E porque não dizer, na sociedade globalizada, que será o conjunto de Smart Cities globalmente conectadas.
Por isso surge a indústria 4.0 (conceito aplicável não somente a indústrias), para colocar as empresas efetivamente no século XXI e para gerar novos modelos de negócios e novas empresas. Sendo que as Startups baseadas em inovação e tecnologia se destacam no horizonte.

PROGRAMA

1. Introdução a Engenharia de Requisitosa. Motivação da Engenharia de requisitosb. Conceito de ciclo de vida, stakeholderc. Conceito de requisitod. O uso do requisito das fases de concepção, desenvolvimento, operação, descartee. A alteração de requisitos em cada fase.

f. Exercício: os alunos serão apresentados ao software Trello e criarão os primeiros requisitos de usuário.
2. Elicitação dos Requisitos
a. Diversos níveis de requisitosb. Rastreabilidade entre os diversos níveis de requisitosc. Nível apropriado de requisitod. Independência de eventual implementação nas fases iniciaise. Exercício prático: criação de níveis mais detalhados dos requisitos, e estes requisitos serão conectados entre si.

3. Análise dos Requisitosa. Boas práticas para a escrita de requisitosb. Normas para escrita de requisitosc. Verificação informal e formal dos requisitosd. Processo de verificação.e. Exercício prático

4. Análise dos Requisitos Parte IIa. A autoridade validadora dos requisitosb. Reuniões de validação de requisitos: boas práticasc. Exercício prático

5. Baseline de Requisitosa. O conceito de ciclo de vida de um requisitob. Exercício prático 

6. Alteração de requisitosa. O registro de alteração.b. O processo de aprovação.c. Rastreabilidade e cálculo de impacto, d. Notificação das partes envolvidas.e. Exercício prático

7. O processo de verificação e validação a. Criação de test casesb. Rastreabilidade entre requisitos e test casesc. Geração de procedimentos de tested. Geração de relatórios de testee. Geração de matrizes de rastreabilidadef. Geração de métricas de testeg. Exercício prático

PÚBLICO-ALVO

Alunos de graduação dos cursos de engenharia, sistemas de informação e administração, que trabalham no desenvolvimento e operação de sistemas complexos. 
Profissionais que trabalhem na concepção, desenvolvimento e operação de sistemas integrados ou estejam desejando se aculturar no tema.

PRÉ-REQUISITOS

Não há.

PROFESSOR

Artur Marques Ubaldo Junior

Administrador de Empresas formado pela USJT, especialista em Astrofísica do Sistema Solar pelo Observatório Nacional – RJ, pós graduado em engenharia de Banco de Dados pela UNICAMP, Mestre em Física Computacional e Astrofísica pela UNICSUL. 
Profissional “hands-on” com 32 anos de experiência acumulada na área empresarial e 15 anos na área acadêmica. 
Na área acadêmica atua como professor responsável por criar e ministrar disciplinas para graduação e pós-graduação nas modalidades presencial e EAD nas universidades Cruzeiro do Sul, PUC, UniAnchieta, Senac e UNIP, sendo responsável em elaborar ementas, plano pedagógico, conteúdo para disciplinas, design instrucional,  tutoria e coordenação de equipes. 
Trouxe em 2010 para o Brasil a DAMA (Data Management Association) organização internacional que cuida da gestão de dados no mundo todo, e foi seu primeiro vice-presidente (2010-2012). 
Foi um dos consultores para a tradução do DMBOK (Data Management Body of Knowledgement) em sua primeira versão para o português.
Na área empresarial, ocupou cargos de liderança tendo chegado a gerencia do PMO de projetos de desenvolvimento de software e Gerente de Tecnologia da Informação. É membro do PMI. 
Leciona atualmente as seguintes disciplinas: engenharia de software, projeto de software, modelagem de negócios, qualidade de software, modelagem de banco de dados, sistemas operacionais, introdução a tecnologia da informação, LTP – linguagem e técnicas de programação, Gerenciamento de projetos de software, Aplicações para IoT, Projeto de Sistemas Orientados a Objeto, Gestão de Projetos Gerais, Qualidade de dados, Novos Paradigmas em Engenharia de Software.

VALORES

Aumente a possibilidade da realização dessa turma!

Faça sua inscrição e escolha a forma de pagamento.

pagamento deverá ser efetuado somente com a confirmação do curso (prazo médio de 5 dias antes da data).

Valores com DESCONTO – Inscrições realizadas até 12/11/2020
ASSOCIADO ESTUDANTE SAE BRASILR$ 385,00
PROFISSIONAL ASSOCIADO SAE BRASILR$ 725,00
EMPRESA CERTIFICADA AO IQA OU ASSOCIADA AO SINDIPEÇASR$ 820,00
NÃO ASSOCIADOR$ 915,00
Valores de 13 a 27/11/2020
ASSOCIADO ESTUDANTE SAE BRASILR$ 420,00
PROFISSIONAL ASSOCIADO SAE BRASILR$ 800,00
EMPRESA CERTIFICADA AO IQA OU ASSOCIADA AO SINDIPEÇASR$ 900,00
NÃO ASSOCIADOR$ 1.000,00

A realização dos cursos está condicionada a um número mínimo de participantes. Caso não haja o número mínimo de inscritos o curso será cancelado, podendo o aluno se inscrever em outro curso, ou solicitar a devolução do valor pago na inscrição.

A mensagem abaixo somente é válida para os cursos presenciais.

A SAE BRASIL não se responsabilizará pelos custos de passagens e hospedagem dos inscritos.

Estão inclusos no valor da inscrição o material didático e coffee-breaks (manhã e tarde). Os custos de transporte, almoço e hospedagem serão por conta do participante.

FORMAS DE PAGAMENTO

  • Boleto Bancário
  • Cartões de Crédito – Em até 10 parcelas, sem juros.

COMO ASSOCIAR-SE

Clique aqui para informações.

EMAIL
cursos@saebrasil.org.br
TELEFONE
55 (11) 3287 2033 – Ramal 223
  • 00

    dias

  • 00

    horas

  • 00

    minutos

  • 00

    segundos

Data

27 nov 2020

Tempo

08:00 - 18:00

Mais Informações

Inscrições

Localização

SAE BRASIL - Escritório Central
Av. Paulista, 2073 - Edifício Horsa II - Cj. 1001 - 10º andar
Categoria
Inscrições

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *