Portuguese English Spanish
Home Eventos SAE TALKS – RODA DA PROPULSÃO: Vantagens dos Biocombustíveis Avançados para o Meio Ambiente e para a Economia Mundial

SAE TALKS – RODA DA PROPULSÃO: Vantagens dos Biocombustíveis Avançados para o Meio Ambiente e para a Economia Mundial

Desenvolvimento Nacional

O biodiesel brasileiro é um produto consolidado na matriz energética nacional, com um importante papel na substituição de combustíveis fósseis, na geração de emprego e renda no campo e para a industrialização e agregação de valor em toda a cadeia produtiva.

No mundo, estimular a produção de biocombustível também promove a produção de alimentos.

Se não fosse o biodiesel, não estaríamos produzindo a quantidade de soja que é produzida, e com o atual nível de rentabilidade.

A chegada do biodiesel agregou valor para toda a cadeia, valorizando o óleo vegetal e estimulando a produção de farelo para a indústria de alimentos.

Com mais recurso, o agricultor passou a investir mais em tecnologia, passou a produzir mais matéria-prima e oferecer mais farelo de soja para produzir mais carne de frango, mais carne de suíno, mais leite, produtos que compramos no supermercado.

Nesse sentido, o farelo vira ração para animais – uma proteína vegetal se transformando em proteína animal, que pode ser consumida pelo ser humano.

A produção de alimento cresceu com os biocombustíveis. Hoje no mundo registramos um aumento de produção de biocombustível da ordem de 4 a 6% ao ano. O consumo humano de óleo vegetal não chega a 1% no mesmo período.

Biocombustíveis Avançados

A diferença crucial entre os biocombustíveis de primeira e segunda geração é a tecnologia. No caso dos avançados, é aplicado hidrogênio na matéria-prima para produzir a reação que os transforma em combustível.

É um processo que requer energia elétrica e permite produzir uma série de diferentes produtos combustíveis, da mesma forma que uma refinaria convencional produz gasolina, diesel e querosene para aviação.

– Diesel renovável HVO (sigla em inglês para Hydrotreated Vegetable Oil)

– O querosene de aviação verde SPK (Synthetic Paraffinic Kerosine – pode ser utilizado misturado ao querosene de aviação – também conhecido como Sustainable Aviation Fuel ou Biojet)

– O Naphtha Green é uma demanda constante das indústrias petroquímicas, que estão trabalhando cada vez mais no desenvolvimento do plástico verde. O produto é produzido por hidrotratamento de gorduras e óleos (através da aplicação de hidrogênio e catalisadores). Tem uma densidade energética mais alta que o etanol, tornando-o adequado para ser usado na mistura de gasolina, assim como combustíveis desenvolvidos especialmente para carros de corrida

Convidados:

  • Carolina Grassi
    Líder de Novos Negócios na Roundtable on Sustainable Biomaterials.
  • Erasmo Carlos Battistella
    CEO na ECB GROUP
  • Marcelo Gonçalves
    Engenheiro de Desenvolvimento de Produto na EMBRAER
  • Onofre Andrade
    Sustainable Aviation Fuels Lead na Boeing Research and Technology Europe
  • Pedro Scorza
    Renewable Fuels, GOL

Moderador Erwin Franieck, Mentor PDI SAE BRASIL

Via Youtube

Patrocínio

Conheça os Convidados

ERASMO CARLOS BATTISTELLA

  • Bacharel em Administração de Empresas
  • Técnico Agricola
  • Mais de 20 anos de experiência no Agronegócio, Biocombustíveis, O&G e Energias Renováveis
  • Fundador e CEO da BSBIOS e ECB GROUP
  • Fundador e CEO da ECB Paraguay S/A e Omega Green Biorefinaria de HVO e SPK
  • Co-Fundador e Presidente a APROBIO

CAROLINA GRASSI

Bióloga com doutorado em genética e MBA em Gestão de Negócios. Carolina tem dedicado sua carreira profissional no desenvolvimento de tecnologias e soluções para alcançar o equilíbrio entre a proteção ambiental e o crescimento econômico, estabelecendo uma economia circular sustentável e de baixo carbono.

Carolina passou grande parte de sua carreira trabalhando em pesquisa e inovação, com foco em biomassa, produção de biocombustíveis e mudanças climáticas. Com mais de 10 anos de experiência em instituições públicas e privadas brasileiras, como Braskem, GranBio e CNPEM, Carolina esteve envolvida em vários dos maiores projetos da bioeconomia brasileira. Hoje é pesquisadora colaboradora da Unicamp e líder de Novos Negócios na América Latina da Roundtable on Sustainable Biomaterials. 

MARCELO DE FREITAS GONÇALVES

Marcelo de Freitas Gonçalves é Engenheiro de Desenvolvimento de Produto atuando no Desenvolvimento Tecnológico da Embraer S.A. na área de combustíveis sustentáveis para aviação. Ao longo de sua carreira no setor aeronáutico vem participando de diversos projetos neste tema no Brasil, Europa e Estados Unidos.

É membro do subcomitê de “Combustíveis de Aviação” da ASTM International e no Fuel Technical Group da ICAO – International Civil Aviation Organization e da mentoria da mobilidade aérea da SAE Brasil.

Marcelo é graduado em Engenharia Química pelo Centro Universitário da FEI e possui MBA pelo IBMEC.

ONOFRE ANDRADE

Onofre Andrade coordinates the research activities on sustainable aviation fuels for Boeing Research and Technology Center in Europe and Brazil.

In Brazil, he managed the Boeing-Embraer Joint Research Center for SAF (2013-2020) with focus funding techno-economic studies to assess viability of regional SAF value chains, in collaboration with the Brazil’s key stakeholders.

Prior to joining Boeing, Onofre Andrade has worked as biofuels sustainability manager  in The Netherlands, where he lived and worked from 2001-2013. Onofre Andrade has a MSc degree in Information Sciences from University of Rio de Janeiro.

PEDRO SCORZA

Pedro Rodrigo Scorza é Comandante de Aeronaves e Assessor de Projetos de Ambientais da GOL Linhas Aéreas S.A. Atualmente exerce a função de Diretor de Renováveis para Aviação na Ubrabio (União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene), é membro do Sustainability and Environment Advisory Council (SEAC) da International Air Transportation Association (IATA) e do Fórum Brasileiro de Mudança Climática (FBMC).

Pedro começou sua carreira profissional em 1989, trabalhou na Varig e Rio-Sul Linhas Aéreas, e desde 2006 trabalha na GOL. É graduado em Analise de Sistemas pela PUC-RS, Mestre em Administração pela UFRGS, atualmente cursa o doutorado em Bioenergia na Unicamp.

 

ERWIN FRANIECK

Mentor PDI SAE BRASIL

Data

22 fev 2021
Expired!

Tempo

18:00 - 19:00

Localização

YOUTUBE SAE BRASIL
Categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *